Viajar de navio para “lugar nenhum” pode ser um convite irrecusável – mas apenas para passageiros vacinados contra a Covid-19

Viajar de navio para “lugar nenhum” pode ser um convite irrecusável – mas apenas para passageiros vacinados contra a Covid-19

Já pensou viajar de navio para “lugar nenhum”? A companhia de cruzeiros britânica P&O Cruises trouxe essa novidade e anunciou um novo projeto de turismo: navios “para lugar nenhum” com pacotes exclusivos para viajantes locais que já estão protegidos da covid-19.

O primeiro cruzeiro deve partir no final de junho do porto de Southampton, na Inglaterra, se mantendo na costa local, e deve permanecer apenas nos mares, sem paradas programadas em outros portos, com a ideia de que os passageiros admirem a beleza das ilhas apenas de dentro do navio, ainda respeitando as medidas contra a pandemia….

O presidente da P&O Cruises, Paul Ludlow, detalhou em um comunicado que vão analisar a previsão do tempo em cada cruzeiro para tentar levar os navios para onde estiver quente e ensolarado.

 

De acordo com a “CNN”, as viagens da P&O acontecerão inicialmente no navio Britannia, que geralmente acomoda mais de 3.647 passageiros. O navio Iona, com capacidade para 5.200 passageiros e que ainda não foi inaugurado, navegaria em direção a Escócia em agosto. Os passageiros também terão que comprovar que tomaram as duas doses da vacina contra covid-19 e ainda contratar um seguro-viagem.

Já os funcionários do cruzeiro não terão vacinação obrigatória, mas passarão pelo que a P&O define como “um regime rígido de testagem e quarentena”, assim como testes regulares durante o percurso.

A empresa ainda confirmou que continuará empregando medidas de segurança como “distanciamento social apropriado e o uso de máscaras em certas áreas do navio”, sem detalhar também como irá certificar a vacinação, já que no Reino Unido não existe carteirinha de imunização obrigatória.

A Royal Caribbean, outra gigante do setor, também já está planejando pacotes marítimos exclusivos para imunizados para lançar seu novo navio, o Odyssey of the Seas, que deve partir de Israel em maio. Ao contrário do navio britânico, o cruzeiro deverá ter destino: as ilhas gregas e Chipre.

 



X