Exposições no Museu Histórico Nacional e CCBB para curtir de graça!!!

Exposições no Museu Histórico Nacional e CCBB para curtir de graça!!!

Para quem curte exposição, ainda mais gratuita, não pode perder essas oportunidades bem aqui pertinho da gente.

Uma exposição bacana é “Ideias – O Legado de Morandi”, com curadoria de Gianfranco Maraniello e Alberto Salvadori, que estará até o dia 21 de fevereiro no Centro Cultural Banco do Brasil. Depois de ter sido apresentada com sucesso em São Paulo, a exposição conta com obras de um dos mais importantes artistas do século 20.

Com uma investigação profunda da cor e da luz permeando sutilezas, o italiano Giorgio Morandi se dedicou intensamente na pintura de naturezas-mortas, especialmente de conjuntos de garrafas. A mostra reúne 57 obras, entre pinturas, fotos, colagem e instalação, sendo 34 de Morandi (1890-1964) e 23 de artistas que têm correlação com seu trabalho. Seu estilo ficou marcado por uma obra que reflete sobre o tempo e as relações produzidas pelo olhar. Aliás, esse é um reencontro do artista com o Brasil, mais de 60 anos após o pintor receber o Grande Prêmio de pintura na IV Bienal de São Paulo, em 1957.

Através do aplicativo Morandi Coletivo, o público poderá criar suas próprias composições a partir de elementos que o artista italiano usava em suas obras, que serão projetadas em tempo real na exposição.

 

Sobre Giorgio Morandi

Nascido em 1890, o artista bolonhês tinha particular interesse pelas pinceladas de Paul Cézanne, André Derain, Douanier Rousseau, Pablo Picasso e Georges Braque, além de mestres da tradição italiana como Giotto di Bondone, Masaccio, Paolo Uccello e Piero della Francesca. A sua pintura foca numa gama bastante reduzida de temas, como as vistas do povoado de Grizzana ou as célebres naturezas-mortas de garrafas e potes.

 

Nas obras, é possível ver as sutis mudanças na luz da tarde, a poeira que se deposita nos objetos, a passagem do tempo que se faz visível na própria matéria das garrafas que reaparecem uma e outra vez, quadro após quadro, ano após ano.

 

Serviço:

“Ideias – O Legado de Morandi”

Visitação: até 21 de fevereiro de 2022

Local: CCBB (R. Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro)

Funcionamento: De quarta a segunda, das 9h às 20h.

Ingressos: https://www.eventim.com.br/artist/exposicaoideiasmorandi/

Telefone: (21) 3808-2020

Classificação Indicativa: Livre

 

Outra exposição super bacana é “Terra à Vista e Pé na Lua”, que marca o início das comemorações do centenário do Museu Histórico Nacional em 2022, iria até 20 de fevereiro, mas foi prorrogada até 29 de maio. Pelo olhar visionário de Ziraldo, a exposição tem como foco a aventura humana rumo ao desconhecido. O visitante navegará do descobrimento do Brasil às conquistas espaciais, passando por obras do artista que se unem conceitualmente às coleções do museu via códigos QR espalhados pela cenografia. A trajetória de Ziraldo (livros, personagens, ideias ou mesmo objetos de trabalho) reconecta o visitante, de forma instigante e criativa, à história de um Brasil construído diariamente por todos nós. A curadoria e direção de arte são de Adriana Lins e Guto Lins (Manifesto), que contaram com o apoio e a participação do Instituto Ziraldo, enquanto a cenografia é assinada por Susana Lacevitz e Philippe Midani (Cenografia.Net).

Sobre Ziraldo

Ziraldo Alves Pinto, brasileiro do mundo, nasceu em Caratinga, Minas Gerais, em 1932. Com reconhecimento nacional e internacional desde o final dos anos 1960, vem atuado profissionalmente por sete décadas nos contextos social, político, ambiental e educacional em mídias jornalísticas, literárias e de entretenimento. Ícone cultural de nosso tempo, seu acervo tornou-se referência para a identidade e memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. Pioneiro no design, revolucionário na literatura infanto-juvenil, ativamente engajado em temas sociais e políticos, um intuitivo e criativo crítico de costumes, Ziraldo atinge contextos universais e atemporais.

Serviço:

“Terra à vista e pé na Lua” – Ziraldo nos 100 anos do Museu Histórico Nacional

Visitação: Até 29 de maio de 2022

Local: Museu Histórico Nacional

Endereço: Praça Marechal Âncora, s/nº – Centro – RJ

Telefone: (21) 3299-0324

Site: http://mhn.museus.gov.br

Funcionamento: De quinta a sábado, das 10h às 16h

Entrada franca e não há necessidade de retirada antecipada de ingressos. O uso de máscara e a apresentação de comprovante de vacinação são obrigatórios.

 



X