Confira a exposição imperdível do artista Leandro Erlich no CCBB

Confira a exposição imperdível do artista Leandro Erlich no CCBB

A concorrida exposição que está no Centro Cultural Banco do Brasil – “A tensão”, do argentino Leandro Erlich –  vem atraindo uma legião de curiosos para conferir as obras que desafiam a percepção. Logo na entrada o público pode se deparar com a principal atração que é a ‘Swimming pool’, uma piscina montada na rotunda do centro cultural. Se você a contempla do lado de fora, vê os outros visitantes mergulhando na piscina, com roupa e tudo. E, se você estiver na parte de dentro, vai observar as outras pessoas distorcidas, como se você estivesse dentro d’água mesmo.

Foto Marcos Serra Lima

Formada por 20 obras de grandes proporções, a exposição ficará até março e tem curadoria de Marcello Dantas. A mostra e as instalações criam ilusões no visitante e subvertem a realidade ao deslocar objetos e elementos arquitetônicos de seus lugares-comuns, ou seja, dos locais que costumamos encontrá-los em nosso dia a dia.

Obra Classroom – Foto Marcos Serra Lima

Segundo Marcello, as obras de Leandro Erlich são estruturadas no mecanismo da dúvida. Assim, “o que nossos olhos veem está em desacordo com o que nossa mente conhece”, diz no material de divulgação. E o próprio nome da mostra, “A tensão”, que soa como a palavra “atenção”, se lido rapidamente, sugere essa brincadeira com a percepção dos visitantes.

Swimming Pool – GuyotOrtiz

 

Salão de beleza – Foto- Guyot-Ortiz

Entre os destaques, além da famosa “Swimming Pool” (ou “Piscina”, em português”), que pode ser conferida tanto por quem está fora como por quem está dentro dela, tem a “Classroom”, uma sala de aula vazia que é separada dos visitantes por um vidro. Ao entrar no espaço expositivo, sua imagem é refletida nesse vidro de forma fantasmagórica, como se só a sua alma estivesse nessa escola abandonada e sinistra; “Salão de beleza”, onde os visitantes entram na obra e tem uma surpresa ao olharem para os espelhos; “Clouds”, onde o artista reproduz nuvens dentro do ambiente fechado da exposição para subverter a expectativa do público, fazendo com que o espectador perceba que um fenômeno natural distante esteja ao alcance das mãos – no entanto, reduzido a uma série de placas de vidro; “Lifted lift”, é o espaço que ao observar pela porta de um elevador, o visitante vai descobrir o quanto um poço pode se estender; “Neighbors”, ao olhar pelo olho mágico de uma porta, os visitantes da exposição terão uma visão inesperada; entre vários outros trabalhos incríveis.

 

Quem é Leandro Erich

Nascido em 1973, Leandro Erlich confecciona suas obras em ateliês em Buenos Aires, na Argentina, e em Montevidéu, no Uruguai. Ele é conhecido no mundo todo por essas criações que exploram o limite entre a realidade e a ilusão.

De acordo com o próprio artista, o que o motiva a desenvolver esse trabalho é transformar elementos que as pessoas acreditam que não podem ser transformados, convidando-as a imaginar a realidade de maneira diferente.

Ele já teve várias exposições individuais em cidades como Nova York (EUA), Barcelona (Espanha), Londres (Inglaterra), Paris (França) e Seul (Coreia do Sul) e Tóquio (Japão). Aqui no Brasil, já participou de grandes eventos, como a 26ª Bienal de São Paulo e a 1ª Bienal do Mercosul.

 

Serviço:

Exposição: “A tensão”

Artista: Leandro Erlich | Curador: Marcello Dantas

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro

Telefone: (21) 3808-2020

Quando: de 05 janeiro de 2022 a 07 de março de 2022

Funcionamento: o CCBB-RJ funciona de domingo a segunda, das 9h às 20h. O centro cultural fecha às terças-feiras para manutenção.

Entrada: gratuita

Ingressos: os ingressos devem ser retirados no site https://www.eventim.com.br/eventseries/exposicao-leandro-erlich-a-tensao-3051063/

Importante: o horário escolhido para a visitação deverá ser respeitado, uma vez que a mostra está sujeita à lotação e há limite de visitantes por hora. O uso de máscaras é obrigatório.



X